Roteiros Para Curtir Arte e Primavera em BH

Vem chegando a primavera em BH! Setembro é um mês especial para os moradores da capital, que mesmo em meio à rotina agitada da cidade, também sabem apreciar os encantos da natureza. Primavera chegando, flores dos ipês já colorindo a cidade, o frio indo embora. É hora de passear e descobrir histórias e as belezas da cidade!

Se você é um entusiasta de passeios culturais, então o post de hoje é para você. Separamos 4 opções de roteiros para você fazer com seus amigos e com sua família durante a primavera em BH.

Dá só uma olhada:

1. Primavera em BH no Conjunto Arquitetônico da Pampulha

Primavera em BH no Conjunto Arquitetônico da Pampulha

Foto: Wikipedia

Na região da Pampulha existem diversos destinos para quem gosta de história e arquitetura, destacando-se o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, tombado como Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco em 2016.

O passeio é composto por cinco edifícios articulados em torno da Lagoa da Pampulha:

  • a Igreja de São Francisco de Assis;
  • o Museu de Arte da Pampulha (antigo Cassino);
  • o Centro de Referência de Urbanismo, Arquitetura e do Design (antiga Casa do Baile);
  • o Iate Tênis Clube;
  • e a Casa Kubitschek, que fora residência de Juscelino Kubitschek.

Todos foram construídos entre 1942 e 1943 pelas mãos do arquiteto Oscar Niemeyer, que contou com a participação de artistas plásticos de expressão, como Cândido Portinari e o paisagista Burle Marx.

Então, mesmo que você já tenha visto de perto essas grandiosas relíquias da arquitetura mineira, não deixe de revisitá-las durante a primavera em BH. Aliás, aproveite e também conheça a arquitetura do Hotel Stop Inn, obra da Arte & Simetria, que fica bem perto, no bairro São Cristóvão.

2. Exposição “Dos Acaiacas ao Niemeyer” na Savassi

Exposição “Dos Acaiacas ao Niemeyer” na Savassi - Primavera em BH

Foto: Wikipedia

Ainda falando em Niemeyer, outra atração imperdível e que vai até o dia 17 de setembro é a exposição “Dos Acaiacas ao Niemeyer”, realizada no bairro Savassi, região Centro Sul de BH – nessa região também está a nova fachada do tradicional Edifício Flávia, cuja reforma ficou por conta da Arte & Simetria.

A exposição tem o objetivo de apresentar uma reinterpretação através da pintura e da fotografia de duas verdadeiras obras de arte da arquitetura mineira: o Edifício Acaiaca e o Edifício Niemeyer. Os visitantes poderão conferir as pinturas de Rafael Abreu e as fotografias de Alessandra Filardi.

A exposição é gratuita e está situada na Galeria Georges Vincent – Aliança Francesa, que fica na Rua Tomé de Souza, 1418, na Savassi.

3. Feira da Pulga no Bairro Sion

Se é primavera em BH, então nada melhor do que um passeio por uma feirinha a céu aberto. Todas as terças e quintas a partir das 17h, acontece a tradicional Feira da Pulga na Praça Nova York, no Bairro Sion.

A praça por si só já vale todo o passeio: bem arborizada e povoada por centenas de maritacas, o local também conta com uma ampla diversidade de moradores, de todas as idades, em um verdadeiro encontro de gerações e tribos.

No mercado de pulgas, é possível encontrar brechós, quintandeiras, artesãos, feirinha de livros, discos de vinil e várias antiguidades expostas em plena praça. Além disso, de vez em quando artistas também dão as caras para se apresentar com suas violas, sanfonas, guitarras e teatro.

Imperdível, não é mesmo? Aliás, por todo bairro Sion existe diversas opções de passeios para agradar a todos os gostos e bolsos. Não é à toa que a região é muito procurada para se viver, tanto em apartamentos quanto em flats, como o Flat Califórnia.

4. Museu Inimá de Paula, no centro

Museu Inimá de Paula, no centro - Primavera em BH

Foto: Guia Permanente

A nossa última dica para você aproveitar a primavera em BH é visitar o Museu Inimá de Paula, no centro da cidade.

O próprio prédio do museu já é um show à parte: foi inaugurado em 1932 pelo arquiteto italiano Rafaello Berti, um dos fundadores da Escola de Arquitetura da UFMG. O prédio também já abrigou o imponente Cine Guarani.

Inaugurado em 2008, o museu é uma homenagem ao artista plástico mineiro Inimá José de Paula. O local conta com um acervo permanente de cerca de 80 obras do pintor, além de um ateliê e uma galeria virtual com um banco de dados de quase 2 mil obras catalogadas.

O Museu Inimá de Paula fica na Rua da Bahia, 1201, Centro, e funciona às terças, quartas, sextas e sábados das 10h às 18h30, às quintas-feiras das 12h às 20h30 e aos domingos das 10h às 16h30. A entrada é gratuita.

Aproveitar a primavera em BH não é nada difícil; existem milhares de opções de passeios que reúnem história e arte para que nos reconectemos ao passado e, ao mesmo tempo, possamos ressignificar o presente e o futuro. Portanto, não deixe de aproveitar a sua cidade!

Nós, da Arte & Simetria, também valorizamos a arquitetura por meio de homenagens a artistas que fizeram – e fazem história. Um exemplo é o Edifícil Escher, no bairro Buritis, que está sendo construído em homenagem ao grande artista plástico M.C. Escher. Confira no post os detalhes e até a próxima!